Contos de um Velho Gamer #01: Por EduFarnezi

Estava aqui navegando nesse grande mar de conteúdo de merda que é o YouTube, procurando vídeos randômicos que pudessem me entreter e quem sabe achar algo interessante para acompanhar, e eis que me deparo com o canal Games&Symphonies.

Como gosto muito de game music e adoro versões orquestradas de belas composições musicais do mundo do entretenimento eletrônico, resolvi dar uma conferida. Enquanto procurava um vídeo em específico do canal para começar, eis que me deparo com algo muito atrativo: um medley de músicas de Street Fighter 2.

Assim que comecei a ouvir a performance, imediatamente percebi duas coisas bem distintas. A primeira é que a execução das músicas estava divina e a segunda é que eu estou oficialmente enquadrado no que eu chamo de “true gamer old-school”. Um gamer que não está mais está ficando velho, mas que já está velho agora.

Assim que a performance começou, com uma versão orquestrada do tema da Capcom do fim dos anos 80, começo dos anos 90, eu já me arrepiei inteiro.

Depois disso, a performance partiu para a música de “opening title” e posteriormente para a “character select” de Street Fighter 2. Nesse momento, o amago da minha alma doeu de saudade e meus olhos marejaram. Não era uma dor ruim, não eram lagrimas de tristeza, tudo isso era uma mistura de felicidade e nostalgia.

Tudo o descrito acima é coisa de gente que “já viu esse mundo gamer ser tudo mato na sua época” e que foi muito feliz durante esse tempo.

Esse post, meio que sem propósito, sendo escrito no calor do momento, serve somente para deixar aqui no Gamerniaco esse vídeo maravilhoso e verificar se mais alguém aí também vai sentir tudo o que senti e abraçar a sua “cabelo branquisse gamer”. Se sim, vamos papear aqui nos comentários.

PS: A transição da música tema do Ryu para a do Veja (claws) é de arrepiar os cabelos. Que coisa linda!

Anúncios

Gamer por paixão, cinéfilo por vocação, leitor de mangás e HQs por criação e nerd pela somatória dos fatores. Acredita que os únicos possíveis cenários de apocalipse são Zumbis e Skynet e não sai para noitadas por medo do que Segata Sanshiro pode fazer se encontrá-lo.

Marcado com: , , , ,
Publicado em Artigo
5 comentários em “Contos de um Velho Gamer #01: Por EduFarnezi
  1. Imperfect disse:

    O q falar?? Tô aqui em lágrimas apenas huahuahuahua, fodastico pra caralho

    Curtido por 1 pessoa

  2. Marvox disse:

    É o tipo de trabalho que considero fenomenal! No momento que a música do Guile entrou não sei se foi o café correndo pelas minhas veias causando um choque térmico, fiquei arrepiado.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Cara voltei só para postar Isso >..< lindo demais! Acabei de achar!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Arquivos
Categorias
Instagram
Novo fundo de tela, para deixar os inimigos temerosos.
Razing Storm, rapá! Sensei @leandrofoloni , chegou a sagrada hora.
Honre-me com vossa sabedoria.
Doutrine-me em Tekken 7! Hora de platinar de novo.
Meu usuário Br merece "saparada"! Já que inventei de fazer um novo PSNID, agora Br e para sempre, perdi meus troféus de meu user USA do período de PS3.
Entretanto, certas Platinas são xodós. São do coração.
Assim sendo, eu vou, no atual user, refazer algumas delas.
É claro que vou começar com a Platina mais xodó dentre as Xodós.
Tem quem chamaria isso de "duplo-masoquismo", mas eu chamo de diversão.
Simbora recuperar minha honraria em Devil May Cry 3! Quando você termina de customizar seu Guardião e pensa: "meu Zeus, fiz um Power Ranger"! Não importa quem seja seu ídolo, ele simplesmente não é nada perante esse mito.
%d blogueiros gostam disto: